O que é VPN?

Se o seu escritório frequentemente compartilha documentos importantes on-line, você sabe se uma VPN é a melhor opção para colaboração? E com os riscos inerentes da internet, sua equipe está segura?

O que significa VPN

“VPN” é um termo comum, especialmente quando se trata de equipes remotas, mas você sabe o que significa? VPN é um acrônimo do inglês para Rede Privada Virtual. Como o nome indica, uma VPN cria um espaço virtual para você operar quando estiver on-line. Mas, se existem, quais são os benefícios?

O que faz a VPN?

As VPNs alegam oferecer inúmeras vantagens para usuários domésticos da internet e espaços de trabalho sobrecarregados, tais como:

Permitir acesso remoto

Uma VPN permite que você crie uma rede remota privada de dispositivos selecionados, o que é ideal para trabalhadores remotos. Essa rede permite que sua equipe permaneça conectada, de forma segura, mesmo quando os membros estão separados por quilômetros, ou continentes.

Segurança aprimorada

Se você entrar em pontos de acesso Wi-Fi para ficar on-line, como no metrô a caminho do trabalho ou em um café, uma VPN pode manter seus dados seguros. O Wi-Fi público pode ser muito cômodo, mas não é tão seguro quanto a sua conexão de internet doméstica ou do trabalho. Criando um túnel de VPN, como se fosse uma caixa protetora cobrindo seus dados, mesmo que sua conexão Wi-Fi esteja comprometida, seus dados são totalmente criptografados usando o AES (Advanced Encryption Standard). Até que seus dados cheguem ao destino pretendido, não podem ser decifrados, portanto, você pode navegar, enviar e-mail ou pagar com cartão de crédito de forma segura, mesmo em uma rede Wi-Fi pública. Isso é conhecido como PPTP (protocolo de túnel ponto a ponto).

Ignorar bloqueadores de localização

Como uma VPN oculta sua localização e permite que você escolha um servidor em determinada região, você pode visualizar conteúdo de qualquer lugar. Se você estivesse na China, por exemplo, e quisesse acessar suas contas de mídia social, poderia descobrir que muitos desses sites estariam bloqueados. No entanto, ao configurar sua VPN para fornecer um IP baseado nos EUA, sua internet refletirá sua conexão como se estivesse nos Estados Unidos.

Evitar restrições

Embora isso não seja verdade para todas as VPNs e todos os provedores de serviços de Internet (ISPs), às vezes um serviço de VPN pode ajudar a evitar limitações de tráfego de rede. Por exemplo, se seu ISP começar a restringir seus dados após determinado limite, uma VPN poderá ajudar a mascarar parte de sua atividade, fazendo com que sua permissão de dados dure mais tempo. Dito isso, o uso de uma VPN em geral pode retardar sua conexão de banda larga, pois há um passo extra para redirecionar sua conexão por meio de um servidor de VPN. No entanto, geralmente esse é um problema para banda larga doméstica e não para cenários empresariais.

Como funciona a VPN?

Essencialmente, uma VPN mascara sua identidade, sua localização e sua atividade on-line. Quando você se conecta à Internet, seu provedor de serviços de internet (ISP) usa servidores para colocar você on-line. Como uma VPN faz essa conexão por meio de um servidor privado, qualquer dado possivelmente transmitido do seu computador vem da VPN.

Os provedores de VPN usam criptografia e IPSec (Internet Protocol Security) para “empacotar” seus dados para que sejam preparados de forma segura até que cheguem ao destino. Isso é conhecido como L2TP (Layer Two Tunneling Protocol). Se você estiver navegando on-line, seu endereço IP (endereço de protocolo de Internet) não é exibido como o endereço IP que o ISP lhe atribui, mas como um endereço IP do servidor VPN.

O que é um endereço IP?

Um endereço IP (Internet Protocol), é um conjunto de números usados para identificar seu dispositivo quando você se conecta à Internet. Um endereço IP serve como identificação e ajuda a identificar sua localização. Em alguns casos, isso pode ser benéfico, por exemplo, se você é uma pequena empresa e precisa que seu site e sua localização sejam registrados firmemente para clientes locais. Se sua equipe opta por uma conexão VPN, mas você ainda precisa manter seu endereço IP, existem VPNs específicas para isso.

A principal razão pela qual as VPNs visam ocultar o endereço IP é porque elas podem dar sua localização. Se um hacker tiver acesso ao seu endereço IP, por exemplo, poderá ver a sua atividade on-line mais recente e potencialmente invadir as suas contas. Mas não são só hackers. Alguma vez você já se perguntou como os anúncios que vê em seus canais de mídia social parecem saber exatamente o que você está procurando? É porque o seu ISP vende informações sobre a sua atividade na Internet. Uma VPN impede que isso aconteça, pois seu endereço IP está oculto.

Por que as pessoas escolhem as VPNs?

Uma das razões mais convincentes para usar uma VPN em um ambiente de trabalho é conectar com segurança uma equipe remota. Com maior segurança e acessibilidade, sua equipe pode trabalhar com mais eficiência.

  • Maior confiança on-line: uma VPN significa que você pode confiar que seus dados estejam seguros, mesmo quando compartilha arquivos.
  • Confiança do cliente: os clientes podem esperar que você tenha uma VPN ou um serviço igualmente seguro em vigor antes de entregar quaisquer documentos.
  • Rede remota: uma VPN permite que sua rede interna se estenda além do escritório.

Usando uma VPN

Considere estes itens ao pensar em equipar seu PC do trabalho ou a equipe inteira com um serviço VPN:

  • Localização da VPN: uma VPN funcionará no destino escolhido com base na localização do provedor? Por exemplo, se pretende acessar a um site bloqueado para sua localização nos EUA, você precisa de um servidor baseado no país preferido do site. Verifique se sua VPN tem servidores lá. Além disso, uma VPN cumprirá as regras do país em que opera, não as do país do cliente, (mais sobre isso abaixo).
  • Tipo de VPN: VPNs podem ser tão simples quanto add-ons de extensões ou tão extensas quanto toda uma rede VPN corporativa. Se o seu escritório pretende melhorar as ferramentas colaborativas, terá de analisar as opções corporativas.
  • Custo: quanto mais complexa a VPN, maior o custo. Para serviços de VPN corporativos, você está diante de uma solução de TI personalizada que provavelmente será um investimento substancial.
  • Sistemas operacionais: você precisará escolher um serviço de VPN compatível com seu sistema operacional. Computadores Linux, por exemplo, podem precisar de um cliente VPN diferente do Microsoft Windows.
  • Dispositivo: se você planeja usar uma VPN em seus dispositivos móveis, como seu celular ou tablet, talvez você precise de uma VPN diferente da que você selecionou para seu laptop.

As VPNs são seguras?

Com tanta ênfase na privacidade e segurança, é tentador pensar em uma VPN como um colete virtual à prova de balas contra hackers da Internet. Infelizmente, não é bem assim. Na versão mais segura, uma VPN pode oferecer uma maneira segura de você ficar on-line sem se preocupar com ameaças de segurança. No entanto, as VPNs não são totalmente impermeáveis a invasões. Além disso, usar uma VPN para impedir que seu ISP mantenha o controle sobre você não é infalível. Inúmeros casos mostram que algumas VPNs registram sua atividade mesmo depois de dizerem que não mantêm registos.

A extensão disso dependerá da localização do próprio provedor de VPN, pois eles precisarão estar em conformidade com regras diferentes. Na Europa, por exemplo, o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) impede que isso aconteça. Ainda assim, você não deve assumir que sua VPN seja uma opção infalível para segurança on-line.

Quais são as desvantagens de uma VPN?

Uma VPN oferece muitos benefícios, embora muitos deles também possam ser obtidos por meios alternativos. O trabalho remoto, por exemplo, pode ser bem-sucedido usando outro software ou serviços que não exijam tanta configuração, manutenção ou custo.

Considere os pontos contra de uma VPN antes de prosseguir:

  • Pode ser cara, especialmente para uma configuração corporativa
  • Requer manutenção para empresas
  • Uma rede remota precisa ser configurada inicialmente por um especialista de TI, o Dropbox requer apenas uma simples inscrição
  • Nem sempre é tão segura quanto parece
  • Pode diminuir significativamente a velocidade da sua internet
  • Em alguns países, as VPNs são vistas como uma área nebulosa legal ou ilegal

Algumas marcas se empenharam em bloquear usuários que estejam usando VPNs, isso pode resultar em um ponto negativo contra uma conta da empresa.

No final, você deve considerar o que realmente deseja alcançar com uma VPN. Você pode colaborar com a mesma eficiência usando uma ferramenta como o Dropbox? Você pode navegar na web livremente usando um servidor proxy on-line? Você consegue manter os níveis de segurança altos com programas de firewall e antimalware atualizados? Se a resposta for sim para qualquer dessas perguntas, uma VPN poderá ser uma solução desnecessariamente complexa.

Quais são as alternativas da VPN?

Se o seu principal motivo para usar uma VPN é garantir que sua equipe possa permanecer conectada remotamente, há alternativas melhores. As VPNs definitivamente têm suas vantagens em várias áreas, mas quando se trata de trabalho remoto, o custo e o tempo necessários para colocar uma VPN corporativa em funcionamento podem parecer assustadores. Mesmo os usuários experientes em tecnologia podem achar irritante o processo de várias etapas de conexão a um servidor de arquivos via VPN. O Dropbox oferece segurança de arquivos e permite o acesso remoto bastando um login, o que o torna uma alternativa à VPN simples e eficaz para essas necessidades.

Minha empresa deveria usar uma VPN?

Há muitos benefícios em usar uma VPN, embora o tipo exato que você precise usar pode ser a diferença entre uma grande ferramenta ou uma despesa desnecessária. O protocolo VPN é difícil de ser superado quando se trata de proteger seus dados em um nível de rede, mas uma boa estrutura de segurança que consiste em software antimalware adequado pode oferecer proteção sólida para seus dispositivos. Uma VPN corporativa exigirá tempo para ser construída e integrada. Ela também requer manutenção e um especialista de TI dedicado para mantê-la funcionando. Para trabalho remoto simples e compartilhamento de arquivos, o Dropbox é uma opção melhor.