VPN

Usar uma VPN para compartilhar arquivos

Uma rede virtual privada (VPN) permite que você acesse com segurança recursos privados, como servidores de arquivos, de fora de suas redes. Configurar o acesso remoto à VPN é uma tarefa bastante técnica, e provavelmente vai exigir ajuda de um profissional de TI. Quando configurada, os usuários podem se conectar em suas redes privadas e interagir diretamente com arquivos e servidores de arquivos mesmo se estiverem trabalhando remotamente.

Usar VPN para facilitar a conexão com um servidor de arquivos em outra rede pode parecer muito similar ao FTP do ponto de vista de um usuário casual. Ambas as soluções permitem que você compartilhe arquivos pela internet, oferecem uma estrutura familiar de pastas e arquivos e são um local central para todos os documentos da empresa. No entanto, VPN é uma maneira muito mais conveniente de se conectar a servidores e colaborar em arquivos, pois evita a necessidade de um usuário fazer upload e download manuais dos arquivos de um servidor remoto antes de começar a trabalhar com esses arquivos.

Contexto

Muitas empresas mantêm uma rede local para comunicações internas e compartilhamento de arquivos, chamada intranet. Diferentemente da internet, a intranet costuma ser uma rede privada que só está disponível para usuários conectados ao seu diretório (isto é, fisicamente dentro do escritório). Esse é um grave empecilho para a colaboração de trabalhadores que atuam remotamente e contratados externos.

É aqui que entram em ação as redes privadas virtuais. Uma VPN permite que os usuários que trabalham remotamente acessem a rede interna da empresa pela Internet. Depois de estabelecer uma conexão, vai parecer que o usuário está fisicamente no escritório, podendo acessar recursos compartilhados na rede interna - como servidores de arquivos e outros dispositivos de armazenamento compartilhados.